sábado, 4 de dezembro de 2010

Assim podemos ir lá...


Desde o tempo em que treinava o Sporting, sempre tive uma certa admiração por Paulo Bento. É certo que nunca foi um treinador que se afirmasse plenamente com vitórias em competições ou que se apresentasse cá fora com um carisma marcante. No entanto, apesar de não ganhar competições, Paulo Bento fez bons resultados no Sporting (vários segundos lugar), deu sempre a cara na hora de defender os seus jogadores (tendo o tempo sempre acabado por lhe dar razão) e lançou alguns dos jogadores que actualmente actuam na nossa selecção (casos de Nani e Miguel Veloso). Continuo a achar que se o Sporting não esteve bem no seu tempo, com a sua saída conseguiu tornar-se ainda pior. Mas isto não interessa falar agora.

Li uma entrevista no nosso seleccionador Paulo Bento em que diz que somos um povo do 8 e do 80. Ainda há pouco tempo não iamos ao Europeu como agora já somos candidatos ao título. Isto caros leitores, não poderia caracterizar melhor a forma como a nossa população vê o futebol e, infelizmente, muitos aspectos da nossa vida.

Era urgente operar uma mudança na mentalidade da nossa selecção. Sim, porque os jogadores não poderiam mudar muito dos utilizados por Carlos Queirós. Paulo Bento começou essa mudança e tem vindo a consolida-la. Não está já concluída e não somos novamente uma equipa de geração de ouro. É por isso que, tal como Andre Villas-Boas prepara os adeptos do FCPorto para a primeira derrota, também Paulo Bento irá algum dia perder um jogo. E o entusiasmo que novamente ganhamos com a nossa selecção não se pode perder aí.

Os meus parbéns ao nosso seleccionador, pois mostra saber preparar uma equipa no terreno e os adeptos à volta dela. Coisa que já não se via desde o saudoso Luís Filipe Scolari, mas que agora pode ver um substituto que poderá estar à sua altura...

6 comentários:

  1. Votação nº5 já a decorrer.
    Desta vez pretendemos passar a barreira dos 100 votos e para isso contamos com o seu contributo ao votar.

    Passe lá no blog e vote sff:

    http://imperiofutebolistico.blogspot.com/

    cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. Saudoso LF Scolari só se for para ti...

    ResponderEliminar
  3. LOL até o teu nick é estúpido! Então o Scolari não fez trabalho nenhum pela selecção portuguesa? Claro, até porque afinal chegar a final de um europeu e às meias-finais de um mundial 60 anos depois, derrotando Inglaterras e a Holandas é de facto muito pouquinho... Acho que preferias lá o Carlinhos não era? Que pastor...

    ResponderEliminar
  4. Realmente... So alguém com falta de visão acha que Scolari não fez um bom trabalho enquanto cá esteve...

    ResponderEliminar
  5. Vai chamar pastor ao teu pai...1º não insultei ninguém e depois és mais um a quem Scolari lavou o cérebro...eu não penso com a cabeça dos outros, penso com a minha...

    Chegou à final do Europeu? Pois chegou, e fez a pior merda de todas que foi perder em casa com a Grécia na final...com uma saída em falso do seu querido Ricardo em quem apostou em vez do Baía...Chegou às meias do Mundial? Chegou pois, mas isto tudo que fez em 2004 e 2006 deu-se graças a que?? Conta quantos jogadores haviam do FC Porto campeão Europeu com Mourinho,sobretudo os 3 do meio campo, Costinha, Maniche, e Deco, apenas a parte mais importante duma equipa...

    Quando estes jogadores foram saindo, ou já não eram os mesmos, viu-se o que fez, no Euro 2008, em que não jogámos nada e fizemos prestações miseráveis, perdendo com a Suiça e levando 3 batatas da Alemanha...

    A mim não me lavam o cérebro, e não, também não apoiei o trabalho de Queiroz como fizeste crer...

    ResponderEliminar
  6. Bem dito mataratos...

    ResponderEliminar